EMPRESA | DISTRIBUIÇÃO | PRODUTOS | CONTATO | COLAGINA


Aproximadamente 30% de toda proteína do nosso corpo é formada por colágeno. O colágeno é responsável pela estrutura do corpo, protegendo e sustentando outros tecidos menos resistentes e permitindo a sua conexão com o esqueleto ósseo, pois é constituido pelos aminoácidos que agem nessas atividades do organismo.

Devido ao processo natural de diminuição e perda do colágeno no ornanismo, que não atende à demanda do corpo, se faz necessário uma complementação protéica. A administração do produto Colagina da Biolex via oral é ideal para solucionar o problema do déficit provocado no organismo com o decorrer dos anos.

O Peptídeo de Colágeno como complemento alimentar de apresentação natural e biológica, que nada mais é que o colágeno hidrolisado, tem o efeito positivo sobre a bioquímica do organismo, melhorando os níveis de energia e toda ação orgânica. O Colágeno Hidrolisado através de um processo científico único e específico, que consiste em hidrolisar o colágeno e seqüencialmente implementar o processo de liofilização, ocorrendo uma assimilação de mais de 90% pelo organismo (pré-digerido e absorvido, caindo diretamente na corrente sangüínea assim que ingerido, beneficiando todo o organismo, funcionando ainda como reserva orgânica no processo de regeneração e revitalização), além de ser inodoro e sem sabor. O Colágeno Hidrolisado é um complemento alimentar totalmente eficaz de fácil utilização, fazendo com que o corpo mantenha uma quantidade de massa muscular adequada, ajudando na utilização eficientemente das reservas lipídicas e de açúcar.

É recomendado o uso de 10 a 20g de Colagina ao dia, ingerindo-se em complemento 2 litros de água ao dia, este produto pode resultar em significativa perda de massa gordurosa, aumento da musculatura corporal, melhora do sono, melhora dos sintomas dolorosos das afecções ósteo-musculares, fortalecimento de articulações, diminuição o tempo de recuperação após exercícios físicos, melhora geral no bem-estar, tudo comprovado conforme estudos clínicos.

Estudos mostram que a partir dos 25 anos, o corpo sofre uma perda de colágeno por volta de 1% ao ano, aos 50, passa a produzir apenas um 1/3 do colágeno necessário para os órgãos de sustentação. As mulheres são as que mais sofrem com a perda de colágeno, pois apresentam uma quantidade menor desta proteína no corpo, comparativamente aos homens. Além disso, a deficiência de estrogênio que ocorre no sexo feminino por volta dos 45-50 anos faz com que haja uma diminuição da quantidade de fibroblastos, células responsáveis pela produção do colágeno, que junto com outra proteína, a elastina, compõem a trama de sustentação da pele.

O uso diário e continuo de Colagina, que não há contra-indicação, é capaz de estimular a produção do colágeno natural, que perdemos com o passar do tempo. A reposição de colágeno alimentício, está surgindo como uma nova ferramenta para tratamentos de osteoartrites e manutenção da estética e beleza.

Em comparação, para se obter a mesma quantidade de glicina contida em 10g de colágeno, terimos que beber por exemplo, 2,5 litros de leite e comer 160g de carne bovina. Ainda assim esses alimentos teriam que ser digeridos e não seriam absorvidos na totalidade como proteína colágena.

©2008 Biolex. Todos os direitos reservados